Owned, Earned e Paid Media: os impactos nos resultados digitais

Uma estratégia de marketing digital eficaz não depende de uma tática. São necessárias diferentes técnicas para explorar os bons resultados que a internet pode atrair para o seu negócio. 

Gerar leads qualificados por meio de Inbound Marketing, conteúdos com o objetivo de educar e nutrir clientes, explorar novas oportunidades de negócios e desenvolver estratégias para otimizar seus custos são alguns dos recursos disponíveis.

 Mas um fator importante que deve ser levado em consideração é que os diferentes tipos de mídia impactam os resultados digitais. Por essa razão, hoje, vamos conversar sobre como a escolha das mídias no marketing digital afeta diretamente nos resultados alcançados.

Fique com a gente, entenda as nuances de cada uma delas — Owned, Earned e Paid Media — e conheça seus benefícios e desafios!

O que cada uma das diferentes mídias representa?

Para termos um entendimento completo, vamos iniciar definindo cada uma das mídias: Owned, Earned e Paid Media. Com isso, podemos demonstrar de forma mais clara suas especificidades.

Paid Media

É o que comumente chamamos de mídia paga. Anúncios no Facebook, Instagram ou links patrocinados são alguns dos formatos dessa categoria.

Ela tem como objetivo principal ampliar o alcance do que está sendo divulgado em um curto espaço de tempo. A Paid Media é um modelo sob demanda e o controle, a escalabilidade e o imediatismo com que os resultados podem ser alcançados quando o trabalho é realizado de forma correta a mantém como uma estratégia de alta relevância no mercado.

Mas é preciso ficar atento! Com a facilidade de acesso à informação, temos consumidores mais exigentes e bem informados. Essa realidade alterou o comportamento de consumo. Por isso, investir em Paid Media apenas com o objetivo de divulgar conteúdo promocional pode ser um tiro no pé.

A dica é desenvolver estratégias que utilizem a mídia paga para promover conteúdo relevante, que possa reter o usuário e o transformar em um lead. Crie um plano estratégico para direcionar suas ações e seja criativo.

Owned Media

Em tradução livre, significa “mídia ganha” ou “mídia própria”. Usualmente, são conteúdos compartilhados por meio dos canais controlados pela própria marca. Blogs, aplicativos, canais do Youtube e site são alguns deles.

No mercado digital atual, a Owned Media é a que produz maiores resultados a longo prazo. Isso acontece porque, ao invés da marca preocupar-se em apenas realizar uma venda, ela se interessa em criar relações com seus leads e clientes. Também se dispõe a nutrir seu público-alvo com conteúdo relevante, mesmo aquelas pessoas que ainda não estão prontas para efetivar uma compra.

Ao criar e compartilhar conteúdos que estejam alinhados aos valores da marca, é possível construir relações afetivas com clientes e, consequentemente, um relacionamento mais duradouro.

Entretanto, a Owned Media também tem pontos de atenção durante o seu planejamento, execução, gestão e monitoramento. Situações em que a comunicação da empresa não apresenta a tonalidade correta ou a marca não mantém atitudes coerentes com os conteúdos publicados, quando apresenta produtos ou serviços com baixa qualidade e atendimento ao cliente falho são alguns fatores que minam a mídia própria.

Ter um planejamento e uma equipe que entenda as necessidades tanto da empresa quanto do cliente pode ser o diferencial em um mercado altamente competitivo.

Earned Media

São ganhos espontâneos, ou seja, orgânicos. Aqui, o próprio cliente é o canal de divulgação de uma marca, produto ou serviço. Isso acontece com base no compartilhamento de informações, marcações em postagem em redes sociais, entre outros.

Além de ser o formato que exige menor investimento, uma vez que o trabalho principal é monitorar e gerir a imagem da marca, a Owned Media torna-se um diferencial de venda e impacta positivamente na credibilidade e visibilidade de uma empresa.

A mídia orgânica, no entanto, requer cuidado redobrado! Muitas marcas aumentam o seu tráfego em razão de um buzz ou viral e, quando situações como essa não são bem monitoradas, podem perdem o controle e se tornam algo negativo para a empresa.

Nos dias de hoje, Burger King e Netflix são os maiores exemplos de empresas que utilizam as redes sociais para agregar valor às marcas, criando correlação entre assuntos de destaque na mídia e seus produtos ou serviços.

Contudo, nem todas as histórias são de sucesso. Muitas empresas acabam virando piada após determinadas propagandas que utilizam apropriações indevidas e perdem totalmente o controle de agir sobre os resultados desastrosos na internet em razão da rápida disseminação.

Sendo assim, fique atento e procure envolver em seu time colaboradores que tenham experiência e um grande conhecimento técnico para atingir bons resultados!

Como a escolha da mídia impacta nos resultados?

Como falamos anteriormente, cada uma das mídias conta com objetivos diferentes e seus resultados podem variar de acordo com o que foi definido. Ou seja, a relação entre mídia e resultado é intrínseca.

Isso acontece porque cada um dos modelos de mídia mostram usos, benefícios e desafios próprios, que interagem com o modelo que será entregue para o público-alvo. Ou seja, a Paid Media, por maior exposição, pode aumentar o tráfego em um curto espaço de tempo. A Owned Media incentiva o compartilhamento e o engajamento do usuário. Por fim, a Earned Media adquire tráfego e SEO via branded content.

Para saber qual a melhor opção para uma empresa, é preciso ter em mente quais os objetivos que ela pretende alcançar. Assim, ficará mais fácil definir uma estratégia que esteja alinhada com os resultados desejados.

Realizar pesquisas sobre o comportamento do consumidor, buscar dados e informações do nicho de mercado, como se dá a atuação de empresas do mesmo segmento na internet e quais as necessidades da marca no momento é essencial para elaborar uma estratégia eficiente que colabore para o crescimento da empresa.

Como uma agência especializada pode auxiliar na gestão e planejamento dessas mídias?

Quando falamos do desenvolvimento de estratégias, construção de um plano de ação, adaptação da comunicação ao tom de voz da marca e mídias diferentes para obter resultados diferentes, são tantas as informações que surge certo receio na hora de investir em marketing digital.

Atualmente, existem agências e empresas de consultoria capazes de auxiliar na gestão e planejamento dessas ações. Esse formato de trabalho é benéfico porque produz campanhas com mais aderência ao público, eliminando gastos desnecessários.

Além dessas vantagens, uma agência especializada irá colaborar para a gestão e o monitoramento das ações e trará resultados mais acurados após a análise das métricas, uma vez que é possível perceber alterações no comportamento do consumidor e quais estratégias obtiveram maior sucesso perante o público.

Investir parte parte do seu orçamento em uma agência especializada se torna fundamental se você não possui a expertise necessária e não pretende montar um time interno de marketing digital. Como vimos, até mesmo diferentes tipos, Owned, Earned e Paid Media, impactam nos resultados. Mas, com certeza, você se surpreenderá com os resultados que uma equipe técnica pode alcançar!

Sabemos que escolher uma agência é uma decisão que pode definir o futuro da sua empresa, então se você precisar de mais alguns conselhos, entre em contato conosco para estudarmos possibilidades juntos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *