O que há de novo no comportamento do consumidor na era digital?

O avanço tecnológico provocou a disseminação da internet e dispositivos móveis. Hoje em dia, nosso contato é diário e muitas vezes ficamos aflitos por não estarmos conectados.

Esse contato ativo com a web fez com que mudássemos nossa percepção a cerca de diversos assuntos, assim como nosso comportamento. Quando falamos no âmbito do consumidor, houveram muitas transformações e foi preciso que as marcas se readaptassem a esse novo cenário.

Hoje, vamos conversar sobre o que há de novo no comportamento do consumidor na era digital e mostrar como as empresas podem explorar esse contexto para aumentar a visibilidade e autoridade. Ficou interessado! Saiba mais!

O consumo de informações via redes sociais e mobile 

As redes sociais e o acesso à internet por meio de celulares facilitou o alcance a informação. Dessa forma, buscar saber mais sobre as marcas, comparar preços e ouvir a experiência de outros clientes com produtos e serviços se tornou algo recorrente.

Neste cenário, temos clientes cada vez mais exigentes e bem informados que levam marcas a recorrer a uma adaptação em seus processos desde a divulgação de seus produtos até o suporte de atendimento no pós venda.

Ter uma presença digital forte alinhada a uma comunicação clara e de fácil acesso se tornou uma peça chave em um mercado altamente competitivo!

Repensar processos, seja de comunicação, logística ou demais áreas que podem estar defasadas e, desenvolver uma nova estratégia alinhada à era digital e ao público alvo irá trazer visibilidade e credibilidade para a empresa.

Influencers na divulgação de produtos ou serviços

O comportamento do consumidor impactou significativamente os modos de divulgação. Ter canais apenas para publicar conteúdos promocionais não surti mais o efeito esperado.

Estratégias como Inbound Marketing, conteúdos em diferentes formatos e plataformas e o uso de Influencers (influenciador digital) produtores de conteúdo que influenciam comportamentos tanto na internet, como fora dela, tem sido algumas das técnicas de marketing digital mais efetivas para atender ao novo comportamento do consumidor na era digital.

Por essa razão, conhecer o público, seus desejos e expectativas, e usar as plataformas digitais para se conectar se tornou parte essencial para as empresas que desejam aumentar seus resultados ao mesmo tempo em que otimizam custos.

Economia voltada a lógica do compartilhamento

Não foi apenas o compartilhamento de informação e opiniões que se tornaram mais evidente. O consumo, por sua vez, tem apostado em uma economia voltada à lógica de compartilhar produtos e serviços.

Empresas como Uber, com o Uber pool, em que o carro é compartilhado e o valor da corrida é dividido com pessoas que estão indo para destinos próximos ao seu e o Tem açúcar?, empresa que incentiva o empréstimo de coisas entre vizinhos para um consumo cada vez mais consciente, vêm se destacando no mercado.

Se engana quem pensa que os produtos e serviços compartilhados se resume a pequenos valores. A lógica do compartilhamento afeta até mesmo serviços que antes eram considerados exclusivos e que agora estão se tornando, mesmo que aos poucos, cada vez mais democráticos. Como o caso da empresa Flapper que promove o aluguel de jatos particulares para pessoas que possuem ponto de partida e destino iguais.

Tendência a serviços integrados e flexíveis

Sabemos que muitos produtos e serviços não comportam a ideia do compartilhamento em sua estratégia de negócio. Caso esse seja o seu caso, há tendências de mercado que trabalham com alternativas, como integrações e flexibilidades. 

Plataformas de compra e serviços integrados são apenas alguns dos exemplos. Com certeza você já passou pela experiência de estar em um site ou aplicativo e ter de sair para finalizar um processo em outra ferramenta. Nada mais chato e frustrante para a navegabilidade do consumidor, certo?!

Por isso, procure concentrar informações e ações em um mesmo lugar. Além de, proporcionar ao seu cliente certa flexibilidade em produtos e serviços sem a cobrança de taxas abusivas. Esses serão fatores determinantes na decisão de compra de um cliente!

Comunicação pessoal

Outra evolução nos hábitos de consumo da era digital se refere à comunicação entre cliente e empresa. Se antigamente o contato era restrito apenas ao telefone — com ligações extremamente engessadas — ou no máximo por e-mail, hoje whatspp e redes sociais fazem esse papel de forma mais efetiva.

Uma comunicação mais fácil, rápida e sem burocracias e formalidades desnecessárias melhora a qualidade do atendimento ao cliente e colabora para a criação de uma boa relação.

Em vez de falar com o consumidor apenas com aquela linguagem formal e até mesmo robótica, a tendência é apostar na comunicação pessoal com os clientes e facilitar o contato por meio de diferentes plataformas.

Consumo de conteúdo em diferentes formatos

Como dissemos, ter uma plataforma de comunicação para divulgar apenas conteúdo promocional não é mais o suficiente. O novo comportamento do consumidor exige conteúdos que vão além da simples publicação de ofertas.

As redes sociais abriram um caminho para a produção de conteúdo com diferentes objetivos e produzido em diferentes formatos. Estratégias com influencers, teasers de novidades e enquetes feitas com Insta Stories e postagens informativas em blogs são algumas das técnicas que estão sendo mais utilizadas e que atraem melhores resultados.

Mas lembre-se! Para uma estratégia de marketing digital efetiva é preciso ter acesso prévio a algumas informações. Quem é o seu cliente? Que redes sociais ele acessa? Quais os produtos ou serviços que mais interessam a ele? Afinal, precisamos saber com quem estamos conversando para desenvolver uma estratégia e conteúdos alinhados a persona.

Tendência ao consumo consciente

Por mais que o mercado incentive o consumo, o alto volume de informações a que o consumidor tem acesso tem desenvolvido a tendência do consumo consciente.

Temos exemplos como a preferência desde shampoos sem parabenos até marcas que não praticam testes em animais. E neste ano de 2018, durante o carnaval, muito foi discutido sobre os efeitos maléficos do glitter ao cair no sistema de esgoto.

Além da responsabilidade social, bom relacionamento entre cliente e empresa, produtos de qualidade, integrados e flexíveis, também são fatores de impacto para a tomada de decisão. O comportamento do consumidor na era digital é focado em alinhar princípios pessoais aos princípios das marcas que consome.

Ufa! Com tantas mudanças, vale a pena estudar cada uma das novas tendências de mercado e analisar quais podem ser aplicadas para o negócio ou empresa em que você está envolvido. Se achar que precisa de ajuda, acesse nosso post sobre 5 motivos para sua PME contratar uma agencia digital.

2 thoughts on “O que há de novo no comportamento do consumidor na era digital?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *