6 dicas de marketing digital para pequenas e médias empresas

Você acredita que ser reconhecido como autoridade no seu segmento é exclusividade dos grandes? É verdade que quem dispõe de um orçamento volumoso para divulgação tem vantagem na largada, mas na internet isso pode ser diferente. O marketing digital para pequenas empresas tem mudado essa realidade e ajudado os “peixes menores” a se equipararem aos grandes, mesmo com recursos mais modestos.

Com ferramentas muito mais acessíveis e democráticas, o ambiente digital permite que todos tenham voz e consigam colocar em prática estratégias vencedoras. Mas, então, por que tanta gente ainda tem medo de investir em marketing digital?

Existe a crença de que o marketing digital é complexo demais, apropriado apenas para negócios tidos como mais “jovens” ou ainda para quem pode pagar grandes times de especialistas. É verdade que ter presença digital é bem mais que ter um site e um e-mail para contato, pois para que uma empresa se torne conhecida, existe uma série de ações que precisa ser planejada.

A boa notícia é que qualquer empresa, independentemente do tamanho, pode ter sucesso ao investir em marketing digital. O que conta aqui é pensar em estratégias que você pode arcar e executá-las da maneira correta.

Então, se você quer elevar sua empresa a altos patamares investindo em marketing digital, está no lugar certo. Continue com a gente e confira as dicas essenciais de marketing digital para pequenas empresas!

1. Defina o seu cliente ideal

Você já tem um nicho de mercado definido e já sabe quem é o seu público. A essa altura, você também já deve conhecer seus hábitos de compra, em que época do ano as vendas aumentam e qual produto tem mais saída.

Ter esses dados é fundamental, mas no marketing digital só isso não basta: é preciso definir quem é o seu cliente ideal, a sua persona. Isso vai ajudar na elaboração de táticas mais precisas, na produção de conteúdo mais relevante, linha editorial mais atrativa e comunicação mais persuasiva, além de ajudar a encontrar os melhores canais para estar em contato com essas pessoas.

O que sua persona procura? Quais os problemas que ela precisa resolver? Como sua empresa pode ajudar? Quais são suas principais dores? Ao responder perguntas como estas, você poderá encontrar o principal benefício que a sua empresa oferece e que gera um grande interesse no público. Isso fará com que sua comunicação prenda a atenção e crie o desejo pelo seu produto ou serviço.

Então, por mais que você já tenha um público definido, antes de ir para a próxima etapa é preciso criar sua persona, pois somente com essas informações será possível definir as ações adequadas e saber o que esperar delas.

2. Tenha uma estratégia com objetivos bem definidos

Por mais que seja tentador colocar logo a mão na massa e criar um perfil em todas as redes sociais, existe um passo importantíssimo primeiro: a estratégia. Esta pode ser a parte mais difícil de todas, pois é nessa fase que você vai definir seus objetivos de marketing.

Depois de definir a sua persona, você e sua equipe vão definir a linguagem que será utilizada, em quais canais sua empresa vai estar presente, de que forma abordar o público, busca de palavras-chave, etc.

Vale lembrar que mesmo que você tenha elaborado uma estratégia impecável, ela precisa ser analisada periodicamente para que os resultados sejam medidos e comparados mês a mês. Isso vai ajudá-lo a perceber se existe algo que necessite de ajustes ou mesmo se sua estratégia precisa ser alterada. Acompanhe toda a execução de perto para que falhas sejam consertadas o mais rápido possível.

3. Estipule um orçamento exclusivo para o digital

Ainda na fase do planejamento, não caia na ilusão de que tudo na internet é gratuito ou que a verba destinada ao digital pode se misturar às outras campanhas de venda e divulgação. Mesmo que o investimento seja bem menor do que em uma campanha offline, ele ainda existe e deve ser bem definido, mesmo que seja pequeno.

Isso vai ajudar sua empresa a não comprometer o orçamento dos dois lados, além de ser mais fácil avaliar os resultados que o marketing digital, especificamente, está trazendo.

Avaliando esses resultados isoladamente, você será capaz de dizer se vale a pena aumentar o investimento, em quais canais ele pode subir e se vale a pena mudar os planos.

O ideal é ter uma planilha separada, comparando o objetivo da sua estratégia com os resultados obtidos. Essa comparação também deve ser feita com os meses anteriores, para que seja possível visualizar o impacto que suas campanhas estão tendo e se seus esforços estão sendo lucrativos para a empresa.

4. Construa presença online

Se você quer utilizar o marketing digital para impulsionar os resultados da sua pequena empresa, então contruir sua presença online é fundamental. É preciso ir além do site estático e da comunicação mecânica. Lembre-se de que seus clientes estão cada vez mais conectados e buscam por informações sobre as marcas de seu interesse na internet.

Aproveite essa oportunidade para construir relacionamento com seu público. Esteja presente nas redes sociais, responda comentários, tire dúvidas, incentive seus curtidores a visitarem seu site, a conhecerem seus novos produtos ou serviços, enfim, use esse relacionamento para criar oportunidades de negócio.

5. Produza (muito) conteúdo

Você já sabe quem é sua persona e entende suas dores e desejos. Agora é hora de produzir conteúdo relevante, útil e de qualidade para ela. Faça um levantamento de palavras-chave que sua persona busca e que estão relacionadas ao seu negócio para ajudá-lo na elaboração de uma material que seja ao mesmo tempo interessante, confiável e conduza à venda.

Tenha um blog constantemente atualizado e utilize ferramentas de SEO para ajudar a ranquear seus artigos na busca orgânica. Além disso, você também pode apostar em outros formatos, como e-books, infográficos, vídeos ou mesmo podcasts.

6. Não tente fazer tudo sozinho

Pode ser muito trabalhoso contratar e treinar uma equipe inteira, mas você não precisa e nem deve fazer tudo sozinho. Boas parcerias podem ser o que uma pequena empresa precisa para crescer, por isso, avalie seu orçamento e considere a contratação de uma agência de marketing digital.

Dessa forma, você corre menos riscos e garante melhores resultados sem precisar deixar de lado outras atividades. Vale lembrar que, já que estamos falando de estratégias digitais, não há motivos para se limitar geograficamente. O que vale mesmo é encontrar a agência que entenda suas necessidades e construa estratégias vencedoras.

O marketing digital para pequenas empresas veio para dar oportunidade para todos, e agora você tem a chance de criar grandes estratégias para o seu negócio. Se você gostou deste artigo, não deixe de compartilhá-lo com seus amigos nas redes sociais!

2 thoughts on “6 dicas de marketing digital para pequenas e médias empresas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *